Minha foto
Camila
Quero "todo o amor que houver nessa vida e algum trocado pra dar garantia e algum veneno anti monotonia".
Visualizar meu perfil completo

Recadinho:


ShoutMix chat widget

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Clarice versus Eu

"Mas tenho medo do que é novo e tenho medo de viver o que não entendo - quero sempre ter a garantia de pelo menos estar pensando que entendo, não sei me entregar à desorientação."
Clarice Lispector, em... A Paixão Segundo G.H.

............................

"Ouso viver de novidades e me entrego aos mistérios do que não entendo – não preciso nem tentar entender o incompreensível, dedico-me à arte do desconhecido, entrego-me à confusão."
Camila Mesquita, em... Aqui mesmo!

Foto: Um salto para a vida






*O texto da Clarice peguei no blog da Ju.

9 Finais Felizes:

Su disse...

As novidades e os seus mistérios, sempre nos pondo a prova. Talvez os melhores sentimentos são esses novos que surgem e nos enchem de confusão, mas ao mesmo tempo é tão intenso viver!!
Lndo deeemais!!
Adoreii a comparação!!
Beeeeijoos, Flor!
Tenha um lindo dia!

Carolina disse...

Que bonito Camila!
Já disse alguém que o risco é a metade do prazer. E acho verdadeiro, o desafio é pra quem realmente mergulha na piscina, não nada somente no raso.
bjos meus e bom findi!

Du disse...

Eu sinto Clarice tão intensamente em mim que chega a doer... linda a comparação que você fez aqui, florzinha, e que imagem linda!

Beijão, que vc tenha um excelente final de semana!

disse...

Lindo muito lindo Camila!

Adoro clarice e você completou com rigor de uma alma pura e linda que é a sua!


Beijos!

Rô!

jubliana. disse...

Estamos sempre ousando e se não for assim, não progradimos.
Adoro a forma como algumas pessoas conseguem traduzir em palavras uns sentimentos tão comuns e ao mesmo tempo, tão fortes.

Pâmela disse...

Peguem seus pára-quedas e se preparem para saltar.
Porque a vida não é amanhã. É agora.

Ju... disse...

Adorei a releitura, Mila!
:)

João Octávio disse...

"Pois quem está quase morto ainda vive, mas quem está quase vivo já morreu".
Não lembro de quem é, mas acho que serve como complemento para seu post.

Éverton Vidal disse...

Acho que essa sua frase, que faço questão de repetir:

"Ouso viver de novidades e me entrego aos mistérios do que não entendo – não preciso nem tentar entender o incompreensível, dedico-me à arte do desconhecido, entrego-me à confusão."

Está entre as coisas mais lindas, interessantes e criativas que eu li ultimamente no mundo dos blogues. Putz se eu estivesse "on" no orkut já ia levar pro meu about me.

Parabéns!

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios