Minha foto
Camila
Quero "todo o amor que houver nessa vida e algum trocado pra dar garantia e algum veneno anti monotonia".
Visualizar meu perfil completo

Recadinho:


ShoutMix chat widget

sábado, 23 de agosto de 2008

Entrando na blogosfera

Sempre me achei muito parte da biosfera, da ionosfera, da estratosfera e de todas as “algumacoisaosfera” que estudei durante o colégio na aula de geografia. Sempre soube que eu estava ali fazendo tudo isso ser o que é. E, como uma boa estudante da área das ciências, nunca duvidei da minha importância nessa cadeia que se auto-alimenta. Está impregnado em mim o sentimento de inclusão no espaço, como ser biologicamente ativo.

Mas agora, pela primeira vez, me sinto fazendo parte de “outracoisaosfera”. Esse mundo todo novo pra mim. Com pessoas não de carne e osso, mas de palavras e sentimentos. Pessoas que não se preocupam em retroalimentar o solo, pois a terra e os minerais de seus corpos não são o mais importante. São pessoas que alimentam o espírito de textos complexos, rimas interessantes e prosas inesgotáveis.

Aqui as angústias e as tristezas se transformam em inspiração; a alegria é escrita e reescrita infinitas vezes sem se tornar repetitiva; os amores e os desamores podem ser exagerados ou criados, tanto faz, contanto que publicá-los faça bem à alma. Uma viagem, um estádio, um pássaro, um amigo, uma música, tudo e qualquer coisa se torna interessante com uma pitada de imaginação, uma de verdade e outra de personalidade.

Se você não se identificar com o que eu escrevo? Não tem problema... Nas esquinas do siber espaço existem “n” opções de caminhos, é só clicar em “próximo blog” que você estará em outro país, em outra cultura, em outra cidade ou em outra vida. E, sem se aperceber, você será parte dela, dividirá suas angústias, compartilhará suas conquistas e elogiará seus poemas.

É muito bom fazer parte desse fantástico mundo dos blogs e se sentir na blogosfera.




*Texto inspirado nas mensagens de boas-vindas da du e da su.

8 Finais Felizes:

Cadinho RoCo disse...

É assim mesmo. Nesse universo da blogosfera tenho a sensação de haver em cada blog um porto ancoradouro pier. Daí pra frente você deparar com tudo a instigar estimular o seu sentimento de convívio. É simpleswmente espetacular.
Cadinho RoCo

Du disse...

Camilinha, um dia eu ainda quero escrever um texto tão bonito quanto o seu sobre a nossa blogosfera!\o/ Que lindooooooooo!!!

Se puder, volta lá no blog? Eu estou no sofá do Amigão hoje e gostaria que você fosse me visitar lá e que desse sua opinião sobre o que eu escrevi!;)

Beijão, querida!!!

Andréia Lino disse...

Cara parecia q vc estava me descrevendo... é exatamente assim q funciona a blogosfera, bom q vc n colocou o lado ruim dela, e mesmo se tivesse colocado com certeza teria sua certa beleza. + como vc disse é a cadeia q como na vida se alimenta, faz crescer nascer e morrer. até aki na blogosfera acontece dessas coisas.

Seja bem-vinda e acredite nao é nada facil ficar por aqui, + acredito q vc sobreviverá para nos alegrar com seus textos.

bjos!

ps. concordo com minha miga Du, quem sabem um dia até consiga escrever.

sucesso!

Luca disse...

Sensacional, Camila!

ADOREI a descrição dos sentimentos que dão vida a esta estratosfera!

E é bem isso mesmo. O importante é publicar! Por isso sou blogueira de coração e ainda tenho a blogosfera como objeto de estudo científico.

Interessante que a blogosfera andou bastante sentimental ultimamente. Sentimentos dedicados a blogueiros amigos foram pautas de variados blogs. Parecia um meme! Mas é bem assim...criamos amigos, laços, muitos tendem a se conhecer, e fica uma extensa família.

Bjoooooooooo

Su disse...

Camilaa, sinceramente que texto hein?!! Queria poder escrever assim!!
Eu fiquei muito feliz qndo vi que seu texto foi inspirado em algumas palavrinhas minhas, nossa... eu nem cheguei perto de tudo o que vc escreveu!! Muito lindo, muito lindo messssmoo!!!
Parabéns!!

Realmente a blogosfera é assim mesmo, é uma união, uma diversidade de pessoas que nos fazem sentir bem e felizes a cada momento!
Lindo texto mesmo Camilinha!!!

Beijooooocas

Ricardo André disse...

"... mas pra fazer um samba, com certeza, é preciso um bocado de tristeza, precisa um bocado de tristeza, senão não se faz um samba não..."
Já dizia o poetinha!

Maldita Futebol Clube disse...

cARA, É DIFÍCIL DEFINIR O QUE SER UM BLOGONAUTA, MAS É UM MUNDO ONDE O VALOR CULTURAL É INDECIFRÁVEL ONDE ATRAVÉS DAS PALAVRAS CRUZAMOS MARES E OCEANOS, ATRAVESSAMOS CEÚS E TEMPESTADES E SELAMOS NOSSO DESTINO SEM FIM.É LIRICO E LÚDICO, MAS É ISSO,BELEZA DE POST...ME REMETEU A PENSAMENTOS DIVERSOS E ME FEZ PENSAR, QUE VIVEMOS NUM MUNDO DE BLOGS, DENTRO DE UM MUNDO DA REDE. DENTRO DE OUTRO, DA NET, DENTRO DE UMA SOCIEDADE QUE NÃO PERMITE INCLUSÕES E CÁ ESTAMOS NÓS A DIALOGOR, UM EXERCICIO DE POLIFONIA E DIALOGISMO ININTERRUPTO! BELO POST...SINCEROS PArabéns

MoizaCARTUNS disse...

Então, seja bem vinda à "Fantástica Fábrica de Postagens, Sonhos e Sentimentos", que é o que a blogosfera proporciona.

É um universo fantástico, mesmo. Cada blog tem uma particularidade única (exceto, é claro, aqueles que copiam o conteúdo de outros blogs - o que, infelizmente, você verá que tem mto disso): alguns tratam de amor, outros de humor, alguns de bobagens, outros de verdades. Enfim, vai da personalidade de cada um.

Ahh... se quiser conhecer o MEU universo, pode entrar sem bater na porta. Aliás, blogs não têm porta, nem horário pra visitas e comentários, né?

Abraços

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios