Minha foto
Camila
Quero "todo o amor que houver nessa vida e algum trocado pra dar garantia e algum veneno anti monotonia".
Visualizar meu perfil completo

Recadinho:


ShoutMix chat widget

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Nasci pra isso

Sempre quis ser médica. Sempre mesmo, desde que me entendo por gente, como dizem. No colégio, na minha família, no meu círculo de amizade, era um fato, eu ia ser médica. Pois assim pensando, estudei sempre pra isso. Fiz o terceiro ano, não passei no vestibular, tudo bem, vamos tentar de novo, pensei.

Primeiro ano de cursinho. Foi até bom, fiz amizades que carrego até hoje comigo, uma delas, minha melhor amiga, e outra, uma grande amiga, que dois anos depois conseguiu passar pra medicina, mas ainda não sabe se isso foi bom pra ela. Segundo ano de cursinho, terceiro e quarto anos de cursinho. Muitos carnavais perdidos, muitos namorados desistidos, muitos filmes não assistidos, muitas noites mal dormidas e outras amizades conquistadas (única coisa que realmente fez valer à pena).

No quinto ano, já sem forças, nem vontade de prestar vestibular pra medicina pela enésima vez (era o que parecia), resolvi, meio que sem saber se era certo, que ia tentar outra coisa, e pensei, porque não odontologia? Precisava fazer faculdade, viver um pouco, me sentir um pouco mais livre (vida de cursinho é uma verdadeira prisão psicológica). Pois assim foi. Fiz a prova e passei!

Ainda comecei a faculdade dizendo que ia só ver como era e que se não gostasse ia tentar medicina de novo. Mas, acreditem ou não, essa foi a melhor coisa que fiz na minha vida! Me descobri na Odontologia! E agora nem imagino como era que eu não tinha certeza desde o útero da minha mãe que era isso que eu queria pra mim.

Hoje estou cursando o quinto semestre na UFC (Universidade Federal do Ceará), faço parte de dois projetos de extensão (o CENTRAU-Centro de Trauma Buco-Dentário e o NUPEC-Núcleo de Pesquisa e Extensão em Clínica), faço parte da comissão organizadora da JOIA (Jornada Odontológica Integrada dos Acadêmicos da UFC), sou da diretoria acadêmica da ABO-CE (Associação Brasileira de Odontologia seção Ceará), faço parte da comissão de formatura e sou a atual presidente do nosso Centro Acadêmico... Ufa!

Vivo quase que totalmente pra faculdade, passo o dia todo lá, todos os dias da semana, menos sexta à tarde, mas acabo indo resolver alguma coisa relacionada a essas muitas outras coisas nas quais estou envolvida. E o melhor é que isso me deixa incrivelmente feliz e realizada. Hoje conheço poucas pessoas que gostam tanto do que fazem quanto eu. E vejo que nasci pra ser Cirurgiã Dentista e não sabia!
*Hoje realizei minha primeira exodontia (em português... hoje arranquei dente pela primeira vez)... \o/

8 Finais Felizes:

docelingua disse...

Parabéns, menina. Não é todo mundo que consegue acertar o que quer. Eu, por exemplo, terminei direito na URCA (crato - ce), vou fazer a prova da oab e nem penso em advogar...

Su disse...

É isso ai Camilinha, perseguindo os seus sonhos é que eles se realizam!!
Eu tenho certeza que serás uma profissional brilhante, eu aposto nisso!!!
Parabéns pelo sucesso!!!
Beijoos,

Su disse...

Ei amiga linda, nem precisa agradecer!! rsrs...
Tbm te adoooro!!
Estou tentando entrar no msn pra falar com vc, mas não to conseguindo conectar!! =/

Beijoooos

Du disse...

\o/
Parabéns, Camilinha!!!!
Amar o que fazemos é essencial!

Ei, você não recebeu meu e-mail?

Beijão!

jubliana. disse...

Pelo visto, pros dentistas não, mas a sensação que eu tive quando tirei os dentes sisos de uma vez foi MUITA AGONIA.

Mas tudo bem, né. sempre tem alguém que se diverte. beijo!

Vinicius disse...

Pois prepare-se, pois serei seu fiel cliente!

Beijos

Vinicius disse...

Não por isso. Os elogios são sinceros...

E sua inspiração estava aí guardada...

Beijos

Gis disse...

Oi, Camila. Li teu comment no Café e Papo e vim te visitar. ;-) Que legal esse texto. Eu tive a sorte de acertar minha profissão de cara, mas sempre penso como teria sido se ficasse perdida, pois muitas vezes questionei os caminhos dentro da publicidade, mas nunca a área em si. Agora, aos 39 - veja só!, resolvi dar uma virada e ir pra Portugal fazer mestrado. Uma vida nova está começando. Tomara que eu me sinta tão realizada quanto tu! ;-) Beijos e, se quiser, me visita tbm.

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios