Minha foto
Camila
Quero "todo o amor que houver nessa vida e algum trocado pra dar garantia e algum veneno anti monotonia".
Visualizar meu perfil completo

Recadinho:


ShoutMix chat widget

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Salve Jorge!

Um horrível dragão saía de vez em quando das profundezas de um lago e se atirava contra os muros da cidade trazendo-lhe a morte com seu mortífero hálito. Para ter afastado tamanho flagelo, as populações do lugar lhe ofereciam jovens vítimas, pegas por sorteio. Um dia coube à filha do Rei de Selena ser oferecida em comida ao monstro. O Monarca, que nada pôde fazer para evitar esse horrível destino da tenra filhinha, acompanhou-a com lágrimas até às margens do lago. A princesa parecia irremediavelmente destinada a um fim atroz, quando de repente apareceu um corajoso cavaleiro vindo da Capadócia. Era São Jorge.

O valente Guerreiro desembainhou a espada e, em pouco tempo reduziu o terrível dragão num manso cordeirinho, que a jovem levou preso numa corrente, até dentro dos muros da cidade, entre a admiração de todos os habitantes que se fechavam em casa, cheios de pavor. O misterioso cavaleiro lhes assegurou, gritando-lhes que tinha vindo, em nome de Cristo, para vencer o dragão.”

São Jorge por Rafael Sanzio

São Jorge, personagem real ou imaginário da história antiga, virou símbolo de bravura e coragem. Desde então representa a luta contra o desafio. Esse desafio pode até ser matar o dragão de um lago qualquer, mas também pode ser o desafio de encontrar um emprego, de pedir perdão, de achar o grande amor, de buscar a felicidade, de afrontar seus medos ou de encarar as dificuldades do dia-a-dia. Você talvez não tenha nem uma armadura, nem uma espada e nem um cavalo branco para enfrentar tudo isso, mas, com certeza, seus amigos, sua família e sua fé são as melhores armas que você pode ter.

Coragem... Vamos à luta... e... Salve Jorge!





*Dia de São Jorge: 23 de abril.

5 Finais Felizes:

docelingua disse...

Já reparou que essa história se parece muito com o mito de Perseu e Andrômeda? No mais, ótimo post. Adorei a analogia feita entre o mito (ou realidade?) com o nosso cotidiano... E é exatamente pra isso que acho que servem os mitos: pra nos ajudar a entender melhor a vida

Du disse...

Eu não conhecia esta história, Camilinha! Posso dizer que adorei a comparação que você fez, ficou perfeita!

Ei guriazinha!
Preciso falar com você, pode me passar teu e-mail? Procurei aqui no teu perfil e não encontrei! =/
Tem a ver com aquele comentário que eu fiz mas você não viu, lembra?

Aguardo

Beijão e que você tenha uma ótima semana!

Amigao disse...

Ah tá, também não conhecia esta historia, mas gostei dos belos ensinamentos contidos.
Também quero seu email
Escreve pra mim: Ayrtons1966@hotmail.com

Beijão do amigão

Su disse...

Simplesmente, adoreeei!!!!

Camilinha,
escreve pra mim: desbravadorasuzan@gmail.com

me add no MSN:
suzan_gataderua@hotmail.com

Beijooooos

Du disse...

auhauahauahauahauahauahau
Essa história do e-mail pegou, heim?

Camilinha, hoje vou ver se consigo me organizar pra te enviar o que quero, tá?

Suas palavras no comentário me deixaram imensamente feliz, viu? Muito obrigada, novamente!
Té mais, querida.
Beijão

 
©2007 Elke di Barros Por Templates e Acessorios